Strict Standards: Non-static method JFilterInput::clean() should not be called statically in /home/dnagosbr/public_html/rede/administrator/components/com_biblia/libraries/application/component/controller.php on line 43

Strict Standards: Declaration of BibliaModelAll::populateState() should be compatible with JModelList::populateState($ordering = NULL, $direction = NULL) in /home/dnagosbr/public_html/rede/components/com_biblia/models/all.php on line 8
Gn 12:2 E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei e engrandecerei o teu nome; e tu serás uma bênção.
Gn 12:3 E abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti serão benditas todas as famílias da terra.
Gn 12:4 Assim partiu Abrão como o SENHOR lhe tinha dito, e foi Ló com ele; e era Abrão da idade de setenta e cinco anos quando saiu de Harã.
Gn 12:5 E tomou Abrão a Sarai, sua mulher, e a Ló, filho de seu irmão, e todos os bens que haviam adquirido, e as almas que lhe acresceram em Harã; e saíram para irem à terra de Canaã; e chegaram à terra de Canaã.
Gn 12:6 E passou Abrão por aquela terra até ao lugar de Siquém, até ao carvalho de Moré; e estavam então os cananeus na terra.
Gn 12:7 E apareceu o SENHOR a Abrão, e disse: À tua descendência darei esta terra. E edificou ali um altar ao SENHOR, que lhe aparecera.
Gn 12:8 E moveu-se dali para a montanha do lado oriental de Betel, e armou a sua tenda, tendo Betel ao ocidente, e Ai ao oriente; e edificou ali um altar ao SENHOR, e invocou o nome do SENHOR.
Gn 12:9 Depois caminhou Abrão dali, seguindo ainda para o lado do sul.
Gn 12:10 E havia fome naquela terra; e desceu Abrão ao Egito, para peregrinar ali, porquanto a fome era grande na terra.
Gn 12:11 E aconteceu que, chegando ele para entrar no Egito, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher formosa à vista;
Gn 12:12 E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é sua mulher. E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida.
Gn 12:13 Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti.
Gn 12:14 E aconteceu que, entrando Abrão no Egito, viram os egípcios a mulher, que era mui formosa.
Gn 12:15 E viram-na os príncipes de Faraó, e gabaram-na diante de Faraó; e foi a mulher tomada para a casa de Faraó.
Gn 12:16 E fez bem a Abrão por amor dela; e ele teve ovelhas, vacas, jumentos, servos e servas, jumentas e camelos.
Gn 12:17 Feriu, porém, o SENHOR a Faraó e a sua casa, com grandes pragas, por causa de Sarai, mulher de Abrão.
Gn 12:18 Então chamou Faraó a Abrão, e disse: Que é isto que me fizeste? Por que não me disseste que ela era tua mulher?
Gn 12:19 Por que disseste: É minha irmã? Por isso a tomei por minha mulher; agora, pois, eis aqui tua mulher; toma-a e vai-te.
Gn 12:20 E Faraó deu ordens aos seus homens a respeito dele; e acompanharam-no, a ele, e a sua mulher, e a tudo o que tinha.
Gn 13:1 SUBIU, pois, Abrão do Egito para o lado do sul, ele e sua mulher, e tudo o que tinha, e com ele Ló.
Gn 13:2 E era Abrão muito rico em gado, em prata e em ouro.
Gn 13:3 E fez as suas jornadas do sul até Betel, até ao lugar onde a princípio estivera a sua tenda, entre Betel e Ai;
Gn 13:4 Até ao lugar do altar que outrora ali tinha feito; e Abrão invocou ali o nome do SENHOR.
Gn 13:5 E também Ló, que ia com Abrão, tinha rebanhos, gado e tendas.
Gn 13:6 E não tinha capacidade a terra para poderem habitar juntos; porque os seus bens eram muitos; de maneira que não podiam habitar juntos.
Gn 13:7 E houve contenda entre os pastores do gado de Abrão e os pastores do gado de Ló; e os cananeus e os perizeus habitavam então na terra.
Gn 13:8 E disse Abrão a Ló: Ora, não haja contenda entre mim e ti, e entre os meus pastores e os teus pastores, porque somos irmãos.
Gn 13:9 Não está toda a terra diante de ti? Eia, pois, aparta-te de mim; e se escolheres a esquerda, irei para a direita; e se a direita escolheres, eu irei para a esquerda.
Gn 13:10 E levantou Ló os seus olhos, e viu toda a campina do Jordão, que era toda bem regada, antes do SENHOR ter destruído Sodoma e Gomorra, e era como o jardim do SENHOR, como a terra do Egito, quando se entra em Zoar.
Gn 13:11 Então Ló escolheu para si toda a campina do Jordão, e partiu Ló para o oriente, e apartaram-se um do outro.
Gn 13:12 Habitou Abrão na terra de Canaã e Ló habitou nas cidades da campina, e armou as suas tendas até Sodoma.
Gn 13:13 Ora, eram maus os homens de Sodoma, e grandes pecadores contra o SENHOR.
Gn 13:14 E disse o SENHOR a Abrão, depois que Ló se apartou dele: Levanta agora os teus olhos, e olha desde o lugar onde estás, para o lado do norte, e do sul, e do oriente, e do ocidente;
Gn 13:15 Porque toda esta terra que vês, te hei de dar a ti, e à tua descendência, para sempre.
Gn 13:16 E farei a tua descendência como o pó da terra; de maneira que se alguém puder contar o pó da terra, também a tua descendência será contada.
Gn 13:17 Levanta-te, percorre essa terra, no seu comprimento e na sua largura; porque a ti a darei.
Gn 13:18 E Abrão mudou as suas tendas, e foi, e habitou nos carvalhais de Manre, que estão junto a Hebrom; e edificou ali um altar ao SENHOR.
Gn 14:1 E ACONTECEU nos dias de Anrafel, rei de Sinar, Arioque, rei de Elasar, Quedorlaomer, rei de Elão, e Tidal, rei de Goim,
Gn 14:2 Que estes fizeram guerra a Bera, rei de Sodoma, a Birsa, rei de Gomorra, a Sinabe, rei de Admá, e a Semeber, rei de Zeboim, e ao rei de Belá (esta é Zoar).
Gn 14:3 Todos estes se ajuntaram no vale de Sidim (que é o Mar Salgado).
Gn 14:4 Doze anos haviam servido a Quedorlaomer, mas ao décimo terceiro ano rebelaram-se.
Gn 14:5 E ao décimo quarto ano veio Quedorlaomer, e os reis que estavam com ele, e feriram aos refains em Asterote-Carnaim, e aos zuzins em Hã, e aos emins em Savé-Quiriataim,
Gn 14:6 E aos horeus no seu monte Seir, até El-Parã que está junto ao deserto.
Gn 14:7 Depois tornaram e vieram a En-Mispate (que é Cades), e feriram toda a terra dos amalequitas, e também aos amorreus, que habitavam em Hazazom-Tamar.
Gn 14:8 Então saiu o rei de Sodoma, e o rei de Gomorra, e o rei de Admá, e o rei de Zeboim, e o rei de Belá (esta é Zoar), e ordenaram batalha contra eles no vale de Sidim,
Gn 14:9 Contra Quedorlaomer, rei de Elão, e Tidal, rei de Goim, e Anrafel, rei de Sinar, e Arioque, rei de Elasar; quatro reis contra cinco.
Gn 14:10 E o vale de Sidim estava cheio de poços de betume; e fugiram os reis de Sodoma e de Gomorra, e caíram ali; e os restantes fugiram para um monte.
Gn 14:11 E tomaram todos os bens de Sodoma, e de Gomorra, e todo o seu mantimento e foram-se.
Gn 14:12 Também tomaram a Ló, que habitava em Sodoma, filho do irmão de Abrão, e os seus bens, e foram-se.
Gn 14:13 Então veio um, que escapara, e o contou a Abrão, o hebreu; ele habitava junto dos carvalhais de Manre, o amorreu, irmão de Escol, e irmão de Aner; eles eram confederados de Abrão.
Gn 14:14 Ouvindo, pois, Abrão que o seu irmão estava preso, armou os seus criados, nascidos em sua casa, trezentos e dezoito, e os perseguiu até Dã.
Gn 14:15 E dividiu-se contra eles de noite, ele e os seus criados, e os feriu, e os perseguiu até Hobá, que fica à esquerda de Damasco.
Gn 14:16 E tornou a trazer todos os seus bens, e tornou a trazer também a Ló, seu irmão, e os seus bens, e também as mulheres, e o povo.
Gn 14:17 E o rei de Sodoma saiu-lhe ao encontro (depois que voltou de ferir a Quedorlaomer e aos reis que estavam com ele) até ao Vale de Savé, que é o vale do rei.
Gn 14:18 E Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; e era este sacerdote do Deus Altíssimo.
Gn 14:19 E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra;
Gn 14:20 E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo.
Gn 14:21 E o rei de Sodoma disse a Abrão: Dá-me a mim as pessoas, e os bens toma para ti.
Gn 14:22 Abrão, porém, disse ao rei de Sodoma: Levantei minha mão ao SENHOR, o Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e da terra,
Gn 14:23 Jurando que desde um fio até à correia de um sapato, não tomarei coisa alguma de tudo o que é teu; para que não digas: Eu enriqueci a Abrão;
Gn 14:24 Salvo tão-somente o que os jovens comeram, e a parte que toca aos homens que comigo foram, Aner, Escol e Manre; estes que tomem a sua parte.
Gn 15:1 DEPOIS destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.
Gn 15:2 Então disse Abrão: Senhor DEUS, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliézer?
Gn 15:3 Disse mais Abrão: Eis que não me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa será o meu herdeiro.
Gn 15:4 E eis que veio a palavra do SENHOR a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro.
Gn 15:5 Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência.
Gn 15:6 E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça.
Gn 15:7 Disse-lhe mais: Eu sou o SENHOR, que te tirei de Ur dos caldeus, para dar-te a ti esta terra, para herdá-la.
Gn 15:8 E disse ele: Senhor DEUS, como saberei que hei de herdá-la?
Gn 15:9 E disse-lhe: Toma-me uma bezerra de três anos, e uma cabra de três anos, e um carneiro de três anos, uma rola e um pombinho.
Gn 15:10 E trouxe-lhe todos estes, e partiu-os pelo meio, e pôs cada parte deles em frente da outra; mas as aves não partiu.
Gn 15:11 E as aves desciam sobre os cadáveres; Abrão, porém, as enxotava.
Gn 15:12 E pondo-se o sol, um profundo sono caiu sobre Abrão; e eis que grande espanto e grande escuridão caiu sobre ele.
Gn 15:13 Então disse a Abrão: Sabes, de certo, que peregrina será a tua descendência em terra alheia, e será reduzida à escravidão, e será afligida por quatrocentos anos,
Gn 15:14 Mas também eu julgarei a nação, à qual ela tem de servir, e depois sairá com grande riqueza.
Gn 15:15 E tu irás a teus pais em paz; em boa velhice serás sepultado.
Gn 15:16 E a quarta geração tornará para cá; porque a medida da injustiça dos amorreus não está ainda cheia.
Gn 15:17 E sucedeu que, posto o sol, houve escuridão, e eis um forno de fumaça, e uma tocha de fogo, que passou por aquelas metades.
Gn 15:18 Naquele mesmo dia fez o SENHOR uma aliança com Abrão, dizendo: À tua descendência tenho dado esta terra, desde o rio do Egito até ao grande rio Eufrates;
Gn 15:19 E o queneu, e o quenezeu, e o cadmoneu,
Gn 15:20 E o heteu, e o perizeu, e os refains,
Gn 15:21 E o amorreu, e o cananeu, e o girgaseu, e o jebuseu.
Gn 16:1 ORA Sarai, mulher de Abrão, não lhe dava filhos, e ele tinha uma serva egípcia, cujo nome era Agar.
Gn 16:2 E disse Sarai a Abrão: Eis que o SENHOR me tem impedido de dar à luz; toma, pois, a minha serva; porventura terei filhos dela. E ouviu Abrão a voz de Sarai.
Gn 16:3 Assim tomou Sarai, mulher de Abrão, a Agar egípcia, sua serva, e deu-a por mulher a Abrão seu marido, ao fim de dez anos que Abrão habitara na terra de Canaã.
Gn 16:4 E ele possuiu a Agar, e ela concebeu; e vendo ela que concebera, foi sua senhora desprezada aos seus olhos.
Gn 16:5 Então disse Sarai a Abrão: Meu agravo seja sobre ti; minha serva pus eu em teu regaço; vendo ela agora que concebeu, sou menosprezada aos seus olhos; o SENHOR julgue entre mim e ti.
Gn 16:6 E disse Abrão a Sarai: Eis que tua serva está na tua mão; faze-lhe o que bom é aos teus olhos. E afligiu-a Sarai, e ela fugiu de sua face.
Gn 16:7 E o anjo do SENHOR a achou junto a uma fonte de água no deserto, junto à fonte no caminho de Sur.
Gn 16:8 E disse: Agar, serva de Sarai, donde vens, e para onde vais? E ela disse: Venho fugida da face de Sarai minha senhora.
Gn 16:9 Então lhe disse o anjo do SENHOR: Torna-te para tua senhora, e humilha-te debaixo de suas mãos.
Gn 16:10 Disse-lhe mais o anjo do SENHOR: Multiplicarei sobremaneira a tua descendência, que não será contada, por numerosa que será.
Gn 16:11 Disse-lhe também o anjo do SENHOR: Eis que concebeste, e darás à luz um filho, e chamarás o seu nome Ismael; porquanto o SENHOR ouviu a tua aflição.
Gn 16:12 E ele será homem feroz, e a sua mão será contra todos, e a mão de todos contra ele; e habitará diante da face de todos os seus irmãos.
Gn 16:13 E ela chamou o nome do SENHOR, que com ela falava: Tu és Deus que me vê; porque disse: Não olhei eu também para aquele que me vê?
Gn 16:14 Por isso se chama aquele poço de Beer-Laai-Rói; eis que está entre Cades e Berede.
Gn 16:15 E Agar deu à luz um filho a Abrão; e Abrão chamou o nome do seu filho que Agar tivera, Ismael.
Gn 16:16 E era Abrão da idade de oitenta e seis anos, quando Agar deu à luz Ismael.
Gn 17:1 SENDO, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o SENHOR a Abrão, e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-Poderoso, anda em minha presença e sê perfeito.
Gn 17:2 E porei a minha aliança entre mim e ti, e te multiplicarei grandissimamente.

Encontrados 31102 - Versículos

Online

Temos 30 visitantes e Nenhum membro online

  • Conosco Em Meio a Tempestade
    "Eu lhes disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo" (João 16:33)

    Quando a Bíblia diz que Deus irá nos proteger, isso não significa que Ele sempre nos manterá longe de problemas. Significa que Ele irá nos proteger enquanto estivermos com problemas.

    Quando os israelitas viram o exército egípcio aproximando-se deles no Mar Vermelho, Deus havia permitido que eles chegassem nessa situação. Por quê? Era para que eles orassem e vissem a Sua glória em esplendor. E quando Ele lhes respondeu abrindo o Mar Vermelho para que pudessem andar em solo seco, os israelitas viram que Deus andou com eles em meio às suas dificuldades.

    Deus poderia ter mantido Daniel longe da cova dos leões. Em vez disso, Deus manteve Daniel na cova dos leões. Deus poderia ter mantido Sadraque, Mesaque e Abednego fora da fornalha ardente. Em vez disso, Ele caminhou com eles dentro dela. Jesus poderia ter mantido os discípulos fora de todas as tempestades no mar da Galileia. Em vez disso, estava com eles enquanto passavam pelas tempestades.

    Talvez você esteja com problemas agora. Talvez esteja assustado e inseguro sobre o seu futuro. Você não sabe o que vai acontecer depois, mas saiba que você não está sozinho. Deus está com você no meio de seus problemas.

    Às vezes, acho que acreditamos que temos o direito de viver vidas tranquilas e fáceis e, um dia, morreremos enquanto dormirmos. Tudo será agradável, aconchegante e confortável. Mas a Bíblia não promete isso. Jesus disse: "Neste mundo vocês terão aflições" (João 16:33). Mas Ele também disse: "Tenham ânimo, eu venci o mundo."

    Às vezes, Deus nos impede de um problema. E às vezes Ele nos deixa passar pelo problema e estará conosco no meio dele.
  • Célio Silva
    Célio Silva atualizou sua foto do perfil